Determinantes da procura turística doméstica em Portugal numa conjuntura de crise económica e financeira

Lara N. Ferreira, Luis N. Pereira

Abstract


O objectivo deste estudo consiste em modelar e produzir previsões para a procura turística doméstica em Portugal. Foram usados dados trimestrais, desde 2009 a 2012, para um conjunto alargado de variáveis económicas, como por exemplo o Produto Interno Bruto per capita, o rendimento médio disponível das famílias, o índice de preços no consumidor, o indicador de confiança dos consumidores, a taxa de desemprego, o número de desempregados e o preço do barril de petróleo. Também foi considerada uma variável binária que indica a presença da Troika em Portugal. Foram estimadas várias especificações de modelos econométricos considerando como variável dependente o número de dormidas de turistas residentes em Portugal. As previsões da procura turística foram efectuadas com recurso a modelos de alisamento exponencial tradicionais.

Os resultados obtidos indicam que em Portugal, numa conjuntura de crise económica e financeira, a procura turística doméstica é explicada pelo rendimento médio disponível das famílias, pelo número de desempregados e pelo índice de preços no consumidor relativo aos transportes. As estimativas obtidas indicam que a elasticidade do rendimento disponível na procura é aproximadamente +2,1%, do número de desempregados é cerca de -0,6% e do índice de preços dos transportes é aproximadamente +1,2%.

Keywords


Dados em painel; Elasticidades; Modelos econométricos; Previsões; Procura turística doméstica

Full Text:

PDF (PT)




Copyright (c) 2016 Tourism & Management Studies

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.